Porque existem tantas pesquisas científicas sobre os mesmos assuntos?

Pensando apenas do ponto de vista científico, porque são necessárias tantas pesquisas semelhantes para afirmarmos, por exemplo, que os transgênicos estão relacionados ao câncer, ou então porque os mesmos cientistas que condenavam o ovo como parte da dieta hoje o recomendam?


Em muitas áreas, mas especialmente nas ciências da saúde, trabalhamos com dados amostrais e estimativas vinculadas à probabilidade de estarmos certos ou errados. Além dessas limitações, lidamos com interferências externas, conhecidas ou não, que afetam os nossos resultados. A cada repetição dos experimentos, em diferentes condições, temos a oportunidade de reafirmar (ou refutar) nossos resultados e chegar mais próximo da verdade.


Dessa forma, não podemos nos prender ao resultado de um estudo como verdade absoluta, mas também não devemos desconsiderar tudo como mera especulação.


A estatística é uma ferramenta imperfeita para a geração de conhecimento, mas é a melhor que temos. Conhecer suas restrições nos ajuda a interpretar melhor os resultados e desenvolver efetivamente a ciência.


Posts Recentes
Arquivo
Tags
Siga
  • Facebook Basic Square

algarismosolucoes

(11) 99828.5593